origem

Mail me

blogseve@gmail.com

Posts Recentes

Ossian

E por vezes

Liberdade?

Conselhos para todas as f...

Pois...

La femme comme il faut

Da divindade

Dos dias

My Panama Papers

Do vazio

Blogs especiais

Arquivo

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2015

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Detector de movimentos

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
Quinta-feira, 27 de Abril de 2006

Curto circuito curto (Isto está cada vez pior!)

 

"Tudo tem um fim.

Excepto a salsicha, que tem dois."

??

...

Pois.

publicado por S às 16:53
link do post | comentar | favorito
14 comentários:
De KrX a 28 de Abril de 2006 às 00:26
e isso é um facto? :p

De S a 28 de Abril de 2006 às 01:09
Mas agora também és adivinho?! Isso era para ser o título do post! "Contra factos...". Tu vais longe! :)
De KrX a 28 de Abril de 2006 às 03:04
eu até diria que as vezes a salsicha não tem fim.
De S a 28 de Abril de 2006 às 22:46
:)
E eu diria que nem respondo, porque um comentário a uma hora daquelas... enfim. :)
De KrX a 28 de Abril de 2006 às 23:29
Se tiveres a salsicha enrolada tipo "alheira" em que faz um circulo, em que as duas pontas estão juntas, não tens fim.

:)

a qualquer hora do dia ou da noite, a minha cabeça está sempre a funcionar da mesma maneira :P

De S a 29 de Abril de 2006 às 04:28
Uma salsicha NÃO é uma alheira. Logo, tem dois fins. E digo mais: se não sabes distinguir uma da outra, aposto que não sabes como se faz uma alheira como deve ser. Se pagares bem, eu ensino-te. :)

Ah, sim?... Mal, portanto... :))
De S. a 1 de Maio de 2006 às 19:26
Qual 2 fins qual carapuça!
Se tivesse 2 fins, quando comesses uma salcicha tinhas que acabar duas vezes!!!
De S a 1 de Maio de 2006 às 23:20
:) Nada disso! A verdade é que podemos começar a comê-la pelo fim e acabar de a comer pelo fim também. Portanto, tem dois fins, sendo que um deles se transforma em inicio, de vez em quando. Mas tem dois fins. DOIS fins. D-O-I-S.
No fundo, ACABAMOS por começar a comer, e acabamos de comer. Acabamos duas vezes! :)))
De KrX a 2 de Maio de 2006 às 00:11
existem salsichas em formato de alheira...

por exemplo as salsichas de mortagua.
De KrX a 2 de Maio de 2006 às 00:12
PS, se pagares bem eu ensino-te aonde fica mortagua.

De S a 2 de Maio de 2006 às 00:44
:))) Depois havemos de ter uma conversa, tu e eu.
De S a 2 de Maio de 2006 às 00:46
:) Olha, eu nem queria dizer-te, mas até a alheira tem dois fins, OK?
De KrX a 2 de Maio de 2006 às 12:15
as que são fechadas não.

De S a 2 de Maio de 2006 às 13:03
Devias ter mais amor à vida, Krx... Eu avisei-te...

Comentar post