origem

Mail me

blogseve@gmail.com

Posts Recentes

Ossian

E por vezes

Liberdade?

Conselhos para todas as f...

Pois...

La femme comme il faut

Da divindade

Dos dias

My Panama Papers

Do vazio

Blogs especiais

Arquivo

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2015

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Terça-feira, 15 de Março de 2005

Farinha do mesmo saco

logo_vvportugal.gif


Estou a divertir-me imenso, com esta onda de publicidade do tipo nha-nha-nha-nha-eeeu-sou-e-tu-não-éééé és...


Depois do "eu é que não sou parvo", chega agora o "sou tão inteligente".


Sabendo, à partida, que o português típico não se fica quando ouve dizer "quem sabe o que anda a fazer, adere a este produto", não posso deixar de aplaudir a esperteza destes criativos.

Não se pense (aposto que já estavam a pensar nisto... não?) que o que me move, na minha crítica a este tipo de publicidade, é o facto de não ter aderido a estes produtos e estar roídinha de inveja. Não é. Até porque, antes do post MediaMarket, e muito antes deste, da Brisa, já tinha aderido (sou ou não sou portuguesa, afinal?).

Confesso que - e não obstante nunca o ter referido - nunca senti o impulso de experimentar aquele shampoo que provoca reacções estranhas, nas mulheres que o utilizam. Principalmente porque considero que é discriminação pura, deixar que o cabelo disfrute mais do banho que o resto do corpo...


Qualquer dia, vamos ter o quê?!

Um anúncio às fraldas Dodot, com o slogan "Eu é que não sou estéril", ou "Sou tão inteligente que até sei fazer bébés", não?
publicado por S às 17:28
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.