origem

Mail me

blogseve@gmail.com

Posts Recentes

Ossian

E por vezes

Liberdade?

Conselhos para todas as f...

Pois...

La femme comme il faut

Da divindade

Dos dias

My Panama Papers

Do vazio

Blogs especiais

Arquivo

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2015

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Domingo, 21 de Agosto de 2005

E agora, em Inglês...

Vou ser muito sincera:


(Podia não ser, mas é para verem como sou boa rapariga)


Estava a tentar ver o Blog se vê em japonês. Como ficava, se fosse japonês, percebem?


Como no Google não encontrei tradução directa para japonês, e até tenho um Q.I. mais ou menos, o que é que pensei?:


"Fazes (Sim, eu trato-me por tu. Manias...) a tradução para inglês, primeiro, e depois... já está. De inglês para japonês. Fácil."


Fácil??


 


Nada disso. D-i-f-i-c-í-l-i-m-o!


Não faço a mais pequena ideia de como ficará em japonês.


Tenho uma vaga impressão de já vos ter dito isto, pelo menos uma vez, mas é que EU TRABALHO, e estamos a meio do fim de semana. Descansar, portanto.


E a minha intuição diz-me que era capaz de passar a noite inteira sem sair do inglês.


Preferi não arriscar. Querem saber porquê?


Vejam isto e chorem...


... a rir!

publicado por S às 02:03
link do post | comentar | favorito
27 comentários:
De Anónimo a 21 de Agosto de 2005 às 20:43
Aqui já gostei mais da resposta. Como foi em três tempos indicia que os amigos lha ditaram. Primeiro um, depois outro e o último por final. A minha querida Ana reviu a matéria , quanta honra tê-lo feito por mim. Uma honra menor é certo pois que um ser inferior fique extasiado perante mim e queira evidenciar qualidades de forma a merecer a minha consideração é habitual. :)))))))))Pêndulo
</a>
(mailto:fin.deckard@gmail.com)
De Anónimo a 21 de Agosto de 2005 às 19:25
Só mais uma coisita...
"Cara e Coroa" é actualmente uma força de expressão que simboliza os dois lados de uma moeada... não é estritamente necessário que exista a "cara", percebeu????
E quantos aos bifes... as melgas alimentam-se se liquidos viscosos avermelhados... não de bifes! Foi só mais um tiro nos escuro Exímio Pendulo! Biologia animal também não é consigo...
O melhor é nem falar da estatistica... porque eu aposto que num intervalo de confiança a 95%, o valor de P em relação aos conhecimentos de biologia animal e probabilidades e estatisticas seria seguramente superior a 0,05... (documente-se!)Ana
</a>
(mailto:ana_faber@hotmail.com)
De Anónimo a 21 de Agosto de 2005 às 19:18
Pendulo, meu pobre diabinho... finalmente acertaste num ou noutro ponto...!!! não foi mau! é óbvio que em nenhuma aula andámos a escrevinhar milhões de folhinhas como Sua Senhoria,a retirar tudo o que se ouve e a apontar afincadamente fórmulas e definições várias. Pertencemos efectivamente a uma elite que não necessitou desses auxiliares, porque a exemplar memória e o filtro selectivo de informação minor funcionaram afincadamente, pelo que nos limitámos a ouvir e a daí retirar os aspectos realmente essenciais das coisas. É óbvio que o trabalho e esforço são proporcionais à inteligência e esperteza de cada um... E nesta área, Caro Pendulo.... fica mais uma vez a "vêr navios"... Teve de retirar muitas notas e muito apontamentos?!??!?!? Fez muito bem!!!! Quem não tem inteligência suficiente , deve consegui-lo com estudo e trabalho! Continue, Exímio, talvez consiga chegar "quase! ao nosso nível!Ana
</a>
(mailto:ana_faber@hotmail.com)
De Anónimo a 21 de Agosto de 2005 às 19:08
Prezada Sofia... Aqui estou novamente... não afiei as facas porque as melhores armas são aquelas que não se vêm... não se notam e simplesmente se sentem. E sentem-se devagar, lentamente, e vão agudizando o mais íntimo de nós. As verdadeiras armas deixam feridas no interior, tocando-nos nas cicatrizes mais internas, mais profundas, naquelas que tememos expôr a qualquer um...
Sabes querida Sofia, só uma Mulhor sabe realmente tocar nesses pontos doridos e só uma mulher, quando quer, sabe tocar nas feridas, sem facas... E quando tocamos, surgem normalmente graves problemas de consciência naqueles que por infortúnio nasceram com a tal perna a menos...
Desculpe Exímio, mas o comentário para si vem a seguir... tudo tem uma ordem lógica e as prioridades estão primeiro... as coisas minor vêm depois....Ana
</a>
(mailto:ana_faber@hotmail.com)
De Anónimo a 21 de Agosto de 2005 às 11:32
Tenho a firme convicção que os vossos apontamentos de Estatística são fotocópias de algum aluno aplicado e não originais vossos. Imagino-vos, durante as aulas , lendo afincadamente a Caras e pensando "que pena ser recepcionista de um consultório dentário ser tão mal pago. Era o emprego ideal a ler revistas destas todo o dia, revistas com poucas letras e muitas fotografias e sem ter de pensar em problemas complexos como "atira-se uma moeda ao ar, qual a probabilidade de sair cara ou coroa" ainda para mais agora que com os Euros que não têm coroas nenhumas". (ainda fico por aqui mais um bocado para te azucrinar dado que a Ana deve estar no seu lugar natural, a cozinha, afiando facas sim mas para cortar bifes para um qualquer intragável prato que fará a família rumar ao Mac Donalds mais próximo ) I'm bad, I'm bad eh eh ehPêndulo
</a>
(mailto:fin.deckard@gmail.com)
De Anónimo a 21 de Agosto de 2005 às 11:18
Gostaste de ser Pendulum?! Já estou arrependida de ter traduzido isto... mas pronto. A Ana não se rendeu, a Ana não chora convulsivamente. A Ana, está a afiar as facas. É só isso. A Ana e a Sofia, vão torturar-te até... nem sei. Depois a Ana decide até onde. :)
(Anaaaaa... Quando acabares os preparativos, diz. Se quiseres, posso ir procurar os meus apontamentos de estatística...) :)sofia
</a>
(mailto:blogsofia@sapo.pt)
De Anónimo a 21 de Agosto de 2005 às 10:55
Gostei de ser Pendulum. Minha cara , lamento a sua desilusão mas tradução é apenas tradução. Como queria obter um produto final minimamente aceitável se usou matéria-prima tão deficitária ? (decidi pegar convosco :))))) )A Ana rendeu-se ? Abandonou o campo de batalha e chora convulsivamente ? :PPêndulo
</a>
(mailto:fin.deckard@gmail.com)

Comentar post