origem

Mail me

blogseve@gmail.com

Posts Recentes

Ossian

E por vezes

Liberdade?

Conselhos para todas as f...

Pois...

La femme comme il faut

Da divindade

Dos dias

My Panama Papers

Do vazio

Blogs especiais

Arquivo

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2015

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segunda-feira, 14 de Março de 2005

Atrocidades

ovelha.jpg NÃO      À LÃ AUSTRALIANA!!


É vergonhoso, o que acontece na Austrália, quando o objectivo é tosquiar uma ovelha. Não consigo perceber como é possível chegar a este ponto de crueldade, tão gratuita quanto desnecessária.


Contaram-me, porque não suportei ver mais que dois segundos de imagens.


No Jornal da Tarde, da RTP, mostraram como se tosquiam as ovelhas, de uma forma indescritivelmente cruel.


Quando, no fim das imagens, perguntei se as matavam, recebi como resposta um olhar de como-é-que-te-vou-dizer-isto-sem-ficares-já-a-chorar e a meia frase "Antes matassem...".


É perante este tipo de atrocidades, que compreendo a verdadeira essência do mundo em que vivemos.


Enquanto estas coisas (e outras do género) acontecerem, é inutil esperar que o Homem evolua...



Que tristeza...
publicado por S às 14:55
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sexta-feira, 11 de Março de 2005

Para além do céu...

Centaurus_A.jpg



Estou furiosa!


Queria o corpo do artigo em HTML, mas, por algum motivo, hoje é dia de não conseguir (hoje, ontem, há três dias...).


O motivo deste artigo, é desafiar-vos.

Façam uma viagem de ida e volta pelo Universo, em http://www.oal.ul.pt (desculpem lá o mau jeito...).


As imagens (e os textos também), provocam uma emoção tão intensa, que me deixam com um nó na garganta.

Se não sentirem o mesmo, é porque são desprovidos de sensibilidade (como se eu não soubesse que este blog só é visitado por insensíveis...).


Experimentem! Vale a pena.
publicado por S às 19:27
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Quarta-feira, 9 de Março de 2005

Estou assim...

lua.gif



O que é que eu hei-de fazer?

Nada, a não ser evitar traumatizar quem me visita. E esperar que isto passe.


É por isso que venho apenas dizer "presente!", não vá alguém pensar que me fui embora.
Não fui. Só estou com o meu lado lunar demasiado evidente. Só isso.

E até sou boa pessoa... logo, não me vou pôr com lamechices aqui...

...

... não vou...?... talvez até me fizesse bem... mas não vou... acho melhor não...


(Não se preocupem, estava a brincar. Não vou mesmo.)
publicado por S às 23:47
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Domingo, 6 de Março de 2005

Ela é tão iluminada...!!

Fatima Bimba.jpg


A estilista Fátima Lopes afirmou, numa entrevista ao "Correio da Manhã" (28/02/2005), que as suas criações não incluem peles artificiais.

"É tudo verdadeiro (...). Raposa, vison (...). A própria Naomi (Campbell), que fez campanhas contra o uso de peles verdadeiras, já voltou a usá-las."


Ó Fatinha!! A Naomi também andou a snifar coca. E ninguém nos garante que não volte a fazê-lo...


Mas já que é assim...

EU ACHO QUE A FÁTIMA LOPES É ESTUPIDA E BIMBA.

O meu próprio vizinho, disse o mesmo da minha vizinha... e nem retirou o que disse...


publicado por S às 12:18
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sexta-feira, 4 de Março de 2005

???

Um homem caminhava pela praia de Cascais e tropeçou numa velha lâmpada.
Pegou nela, esfregou-a e... um génio saltou lá de dentro, e disse:

"O.K! Libertaste-me da lâmpada, blá, blá, blá! Esquece aquela história dos 333333 desejos! Tens direito a 1 desejo apenas e ponto final! "

O homem disse:
"Eu sempre quis ir aos Açores, mas tenho um medo enorme de voar... e no mar costumo ficar enjoado. Podes construir uma ponte até aos Açores, para eu poder ir de carro? "

O génio riu muito e disse:
"Impossível. Pensa na logística do assunto. Como é que os pilares chegavam ao fundo do Oceano Atlântico? Pensa em quanto betão armado, em quanto aço, em quanta mão de obra... Não, de maneira nenhuma! Pensa noutro desejo..."

O homem compreendeu e tentou pensar num desejo realmente possível.
" Fui casado e divorciado 4 vezes. As minhas mulheres disseram sempre
que eu não me importava com elas e que era um insensível. Então, é meu desejo compreender as mulheres; saber como se sentem por dentro e o que estão a pensar quando não falam connosco; saber porque estão a chorar.....saber realmente o que querem quando não dizem nada... saber como fazê-las realmente felizes!"

O génio respondeu: "Queres a merda da ponte com duas ou quatro faixas?"

------------------------------------------------#-------------------------------------------------------


Acabei de receber, via e-mail, esta anedota.

Nunca foi minha intenção publicar anedotas e coisas afins. Mas isto merece um artigo!


É mesmo verdade que os homens acham dificil compreender as mulheres?


Para o esclarecimento de alguma dúvida, façam o favor de usar os comentários.

Também eu, percebo mais de bolos. Mas posso tentar ajudar...
publicado por S às 13:38
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
Quinta-feira, 3 de Março de 2005

Manias...

bel_dentes.jpg


Hoje, não fui eu que estendi a roupa. Quando, por motivos de força maior, me debrucei na janela da cozinha, reparei que a roupa já estava estendida. E pensei: "Que trágico! Se toda a gente fosse como eu, perceberia, em segundos, que isto não foi obra minha.".


O mesmo será dizer que, se eu não tivesse a sorte de ser casada com um homem (mulheres, não me digam que são distraídas e não reparam nestes pormenores...!), arriscar-me-ia a, no fim do dia, ser brindada com um "Pois, mãezinha cá em casa, Sofia de férias! Devias ter vergonha... (ou shame on you, que é mais internacional e menos passível de ser interpretado como uma boca foleira...)"


Isto tudo, porque ando há uns dias com uma questão, atravessada...


Eu adoro pão. Fresquinho, quentinho, sem nada a acompanhar. Pão.

Às vezes, quando isso representa a diferença entre saborear, ou não, um pedaço, até faço o sacrifício de o fatiar. Com uma faca própria e tudo!

Mas, se ninguém me chatear, do que gosto mesmo, é de o cortar (arrancar, é mais o termo) com as mãos. Eu sei que fica mais bonitinho quando é cortado com faca. Mas, acreditem ou não, sabe-me infinitamente melhor quando não é.


O que eu não percebo, é como é que este facto, tão... insignificante, pode ser motivo de implicância e até, eventualmente, originar uma discussão.


Como já tive oportunidade de dizer (o quê?! não viram?!), sou boa rapariga. E fui perguntar. Depois de um olhar desconfiado (mas será que ninguém pensa nestas coisas? sou só eu?), lá consegui uma resposta. "O pão é um simbolo de Deus. E esquartejá-lo, é feio." (ah fazes perguntas de criança? então toma lá resposta para crianças!) E eu pensei: É feio?? Mas é feio para quem? Só se fôr para quem vai a seguir. Porque não estou a ver ninguém a receber visitas em casa e...


"E este é o nosso pão... bom, está ligeiramente desarrumado, não liguem."


É uma questão de cedências, acho eu. Também não implico porque a pasta dentífrica está dividida por uma marca de dedos... (Com outras coisas, implico. Mas porque os homens precisam de regras. Até faço um esforço para implicar, que eu nem queria...)


Ah, e também não sou católica, nem nada. Por isso, a parte de Deus não me causa remorsos de espécie alguma.


Agora, pergunto: Acham que o pão deve ser cortado com uma faca?

Da vossa resposta, depende a minha atitude face a este assunto no futuro.

Das duas, uma: ou continuo, alegremente, a arrancar pedaços e a discutir por causa disso, ou continuo, alegremente, a arrancar pedaços, mas sem discutir, porque não tenho razão.


(Não volto a permitir que me estendam a roupa, fiquem descansados...)
publicado por S às 18:31
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

1000 vezes... VISITADA

Mil!

MIL!!

Um milhar!

(Está bem... só eu, devo ter aberto a página algumas 300... e depois? O que conta é o número! ORA ESSA!!)
publicado por S às 15:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 2 de Março de 2005

Protesto!

 Blogame mucho


Não se pode comentar... ohhhhhhhhh!
publicado por S às 16:47
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Da mesma matéria...

star-less galaxy Isaac Newton telescope.jpg

(Isto era para ser um post completamente lamechas. Vá lá!, consegui evitá-lo a tempo...)

Ando, há alguns dias, com uma estranha falta de imaginação (que é o mesmo que dizer "com a mosca").

Não sei se acontece a toda a gente, ou só a mim. Deve ser só a mim.

Descobri que (e perdoem-me a falta de originalidade, mas quando estou com a mosca fico assim) alguns dos acessos a esta página, feitos através do Google (isto já não é da mosca, mas está relacionado com o insecto que sou, por ter dito ao Calvin que "sim senhor, percebi perfeitamente como se põe uma palavra colorida no texto, daquelas que, quando se clica em cima, plim!, se vai parar a um site qualquer" e depois ter fechado a janela do messenger, onde constava a explicação), visavam o acesso à página do MediaMarket.

Tentei, em vão, prestar um serviço de qualidade aos meus visitantes-por-engano, colocando umas imagens da loja. (só para que fique registado que EU sou boa pessoa)

Também disse, no início deste blog, que isto seria um diário, na medida do possível.
Menti. E como não gosto de mentiras, (não faço ideia do que deveria escrever a seguir...)


PESSOAS QUE PROCURAM INFORMAÇÕES SOBRE MEDIAMARKET: perguntem o que quiserem. Podem perguntar. Eu não percebo de computadores, nem de telemóveis, mas, por exemplo, sou um ás em secadores de cabelo e varinhas mágicas.

Até sei fazer maionnaise e tudo.

AH! E tenho um aquário, não sei se...

Mas, por favor, não me façam ouvir uma voz igualzinha à do Ricardo Araújo Pereira, a dizer "Êh! Mas que raio de página é esta, pá?! Isto há com cada um...! Êh!", quando vejo o tempo de permanência dos que vêm do Google...



PS: RAP, não é a voz normal. É a outra, ok?


publicado por S às 14:51
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito