origem

Mail me

blogseve@gmail.com

Posts Recentes

Ossian

E por vezes

Liberdade?

Conselhos para todas as f...

Pois...

La femme comme il faut

Da divindade

Dos dias

My Panama Papers

Do vazio

Blogs especiais

Arquivo

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2015

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Domingo, 20 de Abril de 2008

Há pessoas que dormem poucas horas

 

 

"Olha, tão giro, deixa cá ver a lata que eles têm.", pensei eu quando vi a capa da Sábado.

 

Sempre adorei coisas do género "Sou um homem muito ocupado, muito reservado e tal e não gosto de expôr a minha vida privada. Mas, entretanto, e já que estão aqui... tomem lá o meu Aston Martin e o meu iate para mais umas linhas de texto. E, para não perderem a viagem, tomem também umas histórias que incluem fretar aviões."

 

Mas voltando ao que eu pensei, sobre "a lata que eles têm", adorei a reportagem sobre os perseguidores de tornados.

 

...

 

Por acaso não pensaram que aquela frase era sobre os quarentões milionários, pois não?! Seria ultrajante que pensassem uma coisas dessas de mim...!

 

Não. Não era mesmo. Era sobre os perseguidores de tornados e sobre os animais de estimação que acabam com casamentos. Gosto particularmente da expressão "animais de estimação" a substituir uma outra, que dá muito mais trabalho a escrever porque tem mais letras e que é  "falta de bom senso a definir prioridades".

 

Mas o que me surpreendeu mesmo, mas mesmo mesmo, foi a página 74.

Um artigo sobre o Juíz Carlos Alexandre.

Nesta página, mais ou menos a meio, pode ler-se

 

"Está convencido de que está 'marcado' e que pode ser abatido a qualquer momento".

 

Pois bem... E o que se segue então assinalado pelas próximas letras enormes?

Nem mais!

 

"O dia-a-dia do juíz"

Desde que acorda, às 7h15, até ao deitar, à 1h00.

 

??

 

Sou só eu, ou...?!

 

 

publicado por S às 15:16
link do post | favorito
De Anónimo a 21 de Abril de 2008 às 15:18
..mas o cacau é deles! ..e podem fazer com ele o que quiserem :-)
De S a 21 de Abril de 2008 às 19:20
Podem? Sério?
Oba oba!!! :)

Então vai deixar de haver crianças com fome?
De Hello! a 21 de Abril de 2008 às 21:27
..isso é uma obrigação de base do Estado e Governo, e não dos particulares:-) por isso ninguem pode criticar o que cada um faz com o seu pastel! Claro que é de louvar toda a ajuda e contributo que possam dar! :-)
De S a 22 de Abril de 2008 às 13:33
:)))

(É o que nos convém pensar quando as imaginamos a chorar com fome, não é? "A responsabilidade não é minha. É do outro.")

(Desde que o outro não seja meu amigo, caso contrário será de outro ainda.) :)
De Hello a 22 de Abril de 2008 às 13:47
..de volta ao velho tema... ...irresponsabilidade de quem atira estas crianças para o Mundo mesmo sem possibilidades de lhes garantirem uma vida saudavel e justa? ... segundo dizem, Ele é grande mas mesmo com vontade não consegue abraçar todos... :-)
De S a 22 de Abril de 2008 às 18:50
De volta ao gato escondido com rabo de fora:
Serão todos os filhos dos pais monetáriamente responsáveis bem alimentados em todos os aspectos?

E depois de cá estarem, isso é argumento que se utilize?! :)
De Hello a 22 de Abril de 2008 às 19:50
..eis o cerne da questão! "...depois de cá estarem..." tipo "chuta prá frente que depois se vê o que isto dará..."

Nem avaliam que estas decisões traduzem-se em resultados nefastos para todos os intervenientes... inclusive os inocentes...
:-)
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.