origem

Mail me

blogseve@gmail.com

Posts Recentes

Ossian

E por vezes

Liberdade?

Conselhos para todas as f...

Pois...

La femme comme il faut

Da divindade

Dos dias

My Panama Papers

Do vazio

Blogs especiais

Arquivo

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2015

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Detector de movimentos

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
Sábado, 29 de Dezembro de 2007

O segredo escondido na natureza

 

ou

 

 

?

 

Papaia.

 

Mamão.

 

 

Pesquisa no google "papaia e mamão"

 

Resultado:

 

Será que quis dizer: papai e mamãe 

 

 

 

Percebem o que eu quero dizer?

Está trocado. Mas mesmo assim, faz sentido. Para o google, pelo menos.

 

E o mamão é maior do que a papaia. É mesmo a única diferença.

 

(São coisas que acontecem quando se vai às compras com tempo)

 

(E quando a fruta está catalogada e os mamões estão mesmo ao lado das papaias)

 

(Também pode acontecer quando  olhamos mais para os nomes das coisas e para o que elas representam, em si, do que para a sua finalidade)

 

(Como no amor, por exemplo)

 

(E no amor, como na fruta...)

 

 

(Está bem, não faz muito sentido. Mas  podia fazer.)


publicado por S às 16:06
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Jaime a 29 de Dezembro de 2007 às 19:26
Do que é que tu estás a falar?

Quando entre um homem e uma mulher tem lugar um mamão (do verbo mamar) e uma papaia (do verbo papar) às vezes resulta um papai (pai) e uma mamãe (mãe).
De S a 29 de Dezembro de 2007 às 20:34
:) Sei lá! Só sei que não estou a falar de mamaias e papões. O resto... :)

Muitas vezes, sei apenas o que digo. Outras, mais raramente, o que quero dizer com o que disse.

O que significa que, comer fruta faz bem. Não só à saúde, mas também à natalidade. É isso, não é? :)
De Hello! a 30 de Dezembro de 2007 às 02:36
...continuo a adorar as tangerinas e as uvas! ...tropicais só mesmo a areia, a Skol ou Brahama!
PS: ... as Gazelle senegalezas são um must! :-)
De S a 31 de Dezembro de 2007 às 00:04
Pronto... fala-se em fruta e vem logo alguém mudar de assunto! :)

Vai voltar para as senegalezas, em Janeiro? :)
De Hello a 2 de Janeiro de 2008 às 10:22
..não gosta de fruta!? ...não mudei de assunto, apenas me lembrei do calor...:-) ainda não me decidi se vou visitar as senegalezas ou as marroquinas! :-)
De S a 3 de Janeiro de 2008 às 00:14
Desde que seja comestível... :)

Cuidado com os excessos... De calor, de senegalezas, de marroquinas... enfim, com todos os excessos. :)

Comentar post