origem

Mail me

blogseve@gmail.com

Posts Recentes

Ossian

E por vezes

Liberdade?

Conselhos para todas as f...

Pois...

La femme comme il faut

Da divindade

Dos dias

My Panama Papers

Do vazio

Blogs especiais

Arquivo

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2015

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Detector de movimentos

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
Quinta-feira, 12 de Abril de 2007

Pedaço de mim

 

A epidural no auge do efeito e eu a garantir

"Não comecem já. Ainda sinto tudo."

 

(Felizmente não se deixaram levar tão facilmente...)

 

O bisturi. O som das tesouras. As compressas. Eu com pressa.

 

Subitamente, um movimento mais brusco.

 

A mão da anestesista na minha nuca, a elevar-me a cabeça.

 

A pergunta "Está a vê-la?"

 

A resposta "Não, só vejo uma perna!"

 

Tudo tão rápido, tudo tão mágico. Tu fora de mim. Eu tão acordada. O teu choro e o meu coração a  voltar a bater. Levarem-te para fora da sala. Ouvir "4" gritado lá do fundo. A minha pergunta "Quatro quê? Quatro Kgs?!".

"Sim, 4 kgs!". Eu incrédula.

 

Tu de volta à sala, embrulhada no colo da tua avó, a aproximares-te de mim. Linda. A primeira vez que te toquei. A pele do teu rosto. Tão macia.

 

 

 

Tudo tão rápido, tudo tão mágico. Tu fora de mim. Eu tão acordada.

Ouvir "4" na tua voz.

Quatro quê? Quatro anos?! Já?

 

 

Adoro-te, Marta.

 

Parabéns!

 

 

publicado por S às 01:28
link do post | comentar | favorito
14 comentários:
De riacho a 13 de Abril de 2007 às 08:04
Linda Marta! :-)

Um texto com a cadência perfeita para o tema. E daqui a nada chega aos 14... acredita.
De S a 13 de Abril de 2007 às 19:20
:) Acredito, Riacho.
De M a 15 de Abril de 2007 às 10:33
Os filhos, ah como gostamos deles!
Parabéns pela tua pequenina.
De S a 15 de Abril de 2007 às 23:40
:)
E eles de nós, M. :)
Obrigada.
De rosa dourada a 15 de Abril de 2007 às 22:11
Está lindo.
Bjs. e Parabéns!
De S a 15 de Abril de 2007 às 23:46
Está como o sinto, cá dentro. :)
Obrigada, Rosa Dourada.
De JL a 15 de Abril de 2007 às 23:58
Parabéns Marta. Estás crescidota. Parabéns mamã babada.
Maria´traz um guardanapo para limpar a baba à mamã e à mana ;-)

Beijocas.
De S a 16 de Abril de 2007 às 19:05
:) A Marta agradece e a mãe também.
(Crescidota, ponto e vírgula. Tem os genes do teu lado. E do meu.) :)
De JL a 17 de Abril de 2007 às 00:17
Então está bem... as mulheres pequeninas são mais interessantes :-)
De S a 17 de Abril de 2007 às 13:54
:) As primas também??! :)))
De A amiga a 19 de Abril de 2007 às 16:14
Ainda vou a tempo...não vou ??? PARABÉNS !!! (desculpa o atraso :) ) vou hoje tratar do presente, que tal uma bateria eléctrica, ou um kit de tambores, ou talvez uma guitarra...eléctrica, claro, um kit karaoke da Floribela... um nenuco que chore bem alto... vá, fico à espera que me ajudes a escolher.

Bjs e gostamos muito do fds com 4 crianças ao molho para o próximo repetimos ?

De S a 19 de Abril de 2007 às 18:13
:)
Não tentes mimar-me :)
Já te disse que não estou zangada contigo. NUNCA hei-de zangar-me contigo. :)
Estou anti social, só isso.
Um dia, quando formos muito velhinhas, explico-te o motivo de não ter ido tomar um café contigo ontem, ok? :)
Próximo fim de semana não posso. :)
De Carmen a 23 de Abril de 2007 às 18:50
Olá Sofia,
Sou sempre a mesma...chego sempre atrasada... são 4...mesmo?? Já?? Lembro-me vê-la muito pequenina embrulhada numa mantinha linda o ano em que nasceu, no verão... quando fomos aí de férias!! Meu Deus o tempo passa bem depressa!!! Desculpa se não tenho aparecido, ando muito ocupada e de cabeça tão cheia!!!! Quando puder respirar um pouco logo volto pra comentar o resto dos posts!
Já que chego tarde pros parabéns dá ao menos umas bejocas a essa pequerrucha e à mana grandota também!!!
Um abraço pra ti
De S a 23 de Abril de 2007 às 19:03
:) Não chegas nada tarde, querida. O que importa é que chegues.
Obrigada.
Se precisares de alguma coisa, diz.
Abraço grande para ti também.

Comentar post