origem

Mail me

blogseve@gmail.com

Posts Recentes

Ossian

E por vezes

Liberdade?

Conselhos para todas as f...

Pois...

La femme comme il faut

Da divindade

Dos dias

My Panama Papers

Do vazio

Blogs especiais

Arquivo

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2015

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Detector de movimentos

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
Sexta-feira, 22 de Setembro de 2006

Porquê três, quando podem ser cinco?... Ou dez... Ou...

 

Já toda a gente deve ter ouvido falado na tripla acção de Actimel.

Confesso que quando vi o anúncio pela primeira vez, sorri com a mesma ternura com que sorrimos ao ler uma composição nossa, feita na 2ª classe. Mas como não voltei a vê-lo, pensei que alguém já os tinha avisado.

 

Ontem percebi que não. Ou que sim, mas eles não ligaram nenhuma. Vai dar ao mesmo.

 

Passo a explicar (se conseguir começar por algum lado...):

...

É melhor não. Vou buscar as palavras deles.

"- 1ª linha de defesa: a flora intestinal

A flora intestinal é constituída por um número considerável de bactérias, cerca de 100 000 biliões, repartidas por mais de 400 espécies diferentes.
A flora bacteriana tem um efeito benéfico nas defesas do organismo, combatendo, através de diferentes mecanismos, as bactérias potencialmente patogénicas. O consumo regular de Actimel aumenta o número de bactérias benéficas na flora intestinal, contribuindo assim para inibir o desenvolvimento de bactérias patogénicas na flora."

 

Parece-me que, lendo a última frase chegamos lá. À ideia base do benefício de Actimel.

Mas há quem não pense assim, e goste de recordar os dias das composições da 2ª classe. E continua

 

"- 2ª linha de defesa: o epitélio e o muco intestinal que actuam como uma barreira física

O revestimento do intestino alcança uma área considerável graças às suas microvilosidades características. Esta área funcional não só facilita a absorção dos nutrientes como também ajuda a proteger o organismo. Actimel melhora a qualidade do epitélio e do muco intestinal, acelerando, por exemplo, a renovação das células, o que permite reforçar o papel de barreira do muco contra as bactérias patogénicas."

Parece que estou a ver-me a escrever...

" O meu cão é meu amigo. Eu gosto do meu cão porque ele é meu amigo. O meu cão e eu somos amigos. Eu gosto de ter amigos. E também gosto de cães."

 

Mas... a protecção é tripla, não dupla. Falta qualquer coisa, portanto...

 

"- 3ª linha de defesa: o sistema imunitário intestinal

O sistema imunitário intestinal contém cerca de 70% das células imunitárias do nosso organismo. Nesta linha de defesa, Actimel melhora o funcionamento de alguns parâmeros do sistema que impedem a colonização do intestino por bactérias patogénicas."

 

Ahhh! Fascinante! Então mas... e é só isto?! É pouco.

O Quanto Fresh não-sei-quê deixa a roupa não-sei-como durante 4 semanas! Quatro! 

Eu acho, senhores do Actimel, que com jeitinho ainda se arranjavam mais umas cinco acções.

Mas vocês é que sabem. 

publicado por S às 13:19
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Calvin a 22 de Setembro de 2006 às 18:32
Depois de ter visto as palavras "muco" e "intestinal" :oP juntas acho que nunca mais vou conseguir beber um desses iogurtes... :o)
De S a 22 de Setembro de 2006 às 20:45
:))
Como eu te entendo... !
Deixei de bebê-los há anos (para aí há três, ou mesmo sete), desde que li, bem juntinhas, as palavras "flora" e "intestinal". Ainda por cima, com a flora em primeiro...

:)
De LusoBoy a 23 de Setembro de 2006 às 17:35
Lolol, quando vi o anúncio na televisão também fiquei com a impressão que tinham aldrabado a tripla acção porque parecia tudo a mesma coisa. Enfim, gostei do post e também do resto que li :).
De S a 23 de Setembro de 2006 às 22:44
:) Obrigada, LusoBoy. És muito bem vindo aqui. Os amigos dos meus amigos... :)

Comentar post