origem

Mail me

blogseve@gmail.com

Posts Recentes

Ossian

E por vezes

Liberdade?

Conselhos para todas as f...

Pois...

La femme comme il faut

Da divindade

Dos dias

My Panama Papers

Do vazio

Blogs especiais

Arquivo

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2015

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Detector de movimentos

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
Quarta-feira, 25 de Novembro de 2009

E chove... E chove...

A chuva é uma espécie de pilhas Duracell para a neura.

Mas em versão estado liquido.

A neura, bem entendido.

Ou então as pilhas, já não sei.

A chuva é que não é.

Afinal, o que pode uma pessoa fazer, na presença de uma gigantesca neura?

Nada.

Confere.
publicado por S às 19:06
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Segunda-feira, 23 de Novembro de 2009

Um três e um cinco, ou três dez e um cinco, ou cinco quatros e cinco três...

 

 

Fazem de mim o mesmo:

Oficialmente e já sem grande margem para dúvidas, uma ex-trintinha.

Já dizia Miguel Esteves Cardoso.

 

A partir de agora, é sempre a crescer.

 

E seja o que... o Pai Natal quiser.

publicado por S às 01:19
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
Sexta-feira, 20 de Novembro de 2009

... Já nevava, não?

Isto anda tudo tão parado...



Por que será?
publicado por S às 16:31
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

WishList

 

 

Para o Natal?

Pode ser....

 

Uma noite igual a esta.

Mas só no tempo.

De resto, pode ser ao contrário.

Tudo ao contrário.

publicado por S às 01:30
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Novembro de 2009

Considerações

Toda a gente sabe que tenho um medo enorme algum receio (coisa pouca) de trovoadas.

Não sei se já olharam bem para o céu, hoje. Eu já.

Aconteceu mesmo agora e fiquei em pânico.

Não, não está a trovejar.

Mas ouvi o Cristiano Ronaldo a cantar.

publicado por S às 16:15
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 13 de Novembro de 2009

Diz que sim

Parece que amanhã é Sábado.

E dia 14.

 

...

 

 

O que faz de hoje Sexta-Feira.

E dia 13.

 

 

Não percebo a preocupação.

Eu não tenho medo de Sábados 14.

Mesmo que sejam em Novembro, o melhor mês do Ano.

Aliás, eu não tenho medo de nada.

Lá agora.

publicado por S às 14:20
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 12 de Novembro de 2009

Estou preocupada

 

Não sei se gostar tanto da Lisbeth Salander faz de mim

mais feminista, mais mentalmente perturbada ou mais platonicamente lésbica.

 

E isto preocupa-me.

Muito.

publicado por S às 01:10
link do post | comentar | ver comentários (21) | favorito
Quarta-feira, 11 de Novembro de 2009

Eu, hoje, também fui santa.

 

 

 

Fora hoje, é todos os dias.

S. Martinho é testemunha.

publicado por S às 22:03
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 5 de Novembro de 2009

Post Scriptum

 

O que, abreviado, também pode significar Post Sério.

Finalmente.

 

Apeteceu-me pegar na ideia do último post.

Mas antes, fiz uma pesquisa.

Googlei "Vida à volta do Homem ou Homem à volta da vida".

 

Não há nenhuma teoria sobre isto.

A minha será a primeira, portanto.

Estremeço de emoção.

 

Já agora, só uma nota para dizer bem da Midas da A5, em Oeiras. 

Foram extraordinários, obrigada!

 

 

Agora a teoria, que vou patentear assim que acabar de escrever isto.

Não isto que escrevi agora, mas isto o post.

 

A vida move-se, ou somos nós que nos movemos?

Numa primeira abordagem, a vida é a vida e está sempre ali, no mesmo sítio.

Isso faria com que tivessemos de ser nós a mover-nos, porque a coisa avança.

Alguma coisa tem de se mexer, portanto...

 

Mas, numa abordagem mais cuidada, mais atenta, percebemos que, enquanto estamos sentados numa cadeira, num banco de jardim ou num sofá... - também podemos estar de pé ou deitados. A ideia é partirmos do princípio de que estamos imóveis - a vida continua.

Pelo menos, é o que dizem.

Ora, se continua sem a nossa acção nesse sentido, é porque ela se move independentemente da nossa vontade. E, nesse caso, é ela que gira à nossa volta.

 

Não sei se patenteie isto...

A esta hora, é capaz de ser melhor não.

publicado por S às 02:31
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Segunda-feira, 2 de Novembro de 2009

Outra vez

Às vezes, não sei se será a vida que dá voltas de 360º, ou se seremos apenas nós que não saímos do mesmo sítio.

 

 

publicado por S às 16:04
link do post | comentar | favorito