origem

Mail me

blogseve@gmail.com

Posts Recentes

Ossian

E por vezes

Liberdade?

Conselhos para todas as f...

Pois...

La femme comme il faut

Da divindade

Dos dias

My Panama Papers

Do vazio

Blogs especiais

Arquivo

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2015

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Detector de movimentos

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
Sábado, 19 de Abril de 2008

Na vida, como na matemática...

...

 

Ora bem... Como é que eu posso dizer isto sem complicar muito...?

 

Consideremos o facto de gostarmos de uma coisa como sendo par (sim, como um número par, apesar de eu gostar mais dos ímpares. o que não é relevante, no caso, porque acaba por ir dar ao mesmo, mas ao contrário)

 

(parece que não comecei muito bem a parte de não complicar, mas adiante)

 

 

E consideremos o facto de não gostarmos de uma coisa como sendo ímpa...

 

Podemos considerar ao contrário, ok?

Não é por nada, mas não consigo mesmo conceber uma ligação entre alguma coisa de que não goste e um número ímpar.

Portanto, tudo o que eu disse mantém-se. Mas ao contrário.

 

No fundo, o que eu quero dizer é que até gosto de fins de semana. Mas não estou a gostar da chuva. E por isso, não estou a gostar deste fim de semana.

 

Por outras palavras, basta existir um número ímpar de... - não, ao contrário - basta existir um número par de pares, para estragar tudo. E o que era ímpar, deixa de ser.

 

Como este fim de semana, por causa da chuva.

 

O que estraga tudo, são os pares.

 

Por isso é que há quem chame nomes feios à mãe do tempo e às mães das pessoas que estragam as vidas das outras.

 

E para distinguir as coisas, começou a utilizar-se a expressão "Dar à luz".

 

Foi  foi!

 

(Fica tão giro, escrito. Foi foi! Isto, por acaso, fica melhor em par...)

publicado por S às 20:56
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Hello a 20 de Abril de 2008 às 02:58
Doo-dloo-doo-doo-doo
Doo-dloo-doo-doo-doo-doo
Doo-dloo-doo-doo-doo-doo
Doo-dloo-doo-doo-doo-doo...

I'm singing in the rain
Just singing in the rain
What a glorious feelin'
I'm happy again
I'm laughing at clouds
So dark up above
The sun's in my heart
And I'm ready for love
Let the stormy clouds chase
Everyone from the place
Come on with the rain
I've a smile on my face
I walk down the lane
With a happy refrain
Just singin',
Singin' in the rain

Dancin' in the rain
Dee-ah dee-ah dee-ah
Dee-ah dee-ah dee-ah
I'm happy again!
I'm singin' and dancin' in the rain!

I'm dancin' and singin' in the rain...
[ADDITIONAL VERSE]
Why am I smiling
And why do I sing?
Why does September
Seem sunny as spring?
Why do I get up
Each morning and start?
Happy and head up
With joy in my heart
Why is each new task
A trifle to do?
Because I am living
A life full of you.
De Hello! a 20 de Abril de 2008 às 03:00
...karaoke!!! :-)
De S a 20 de Abril de 2008 às 14:47
:))

Ah! Karaoke! :)
Pensei que... era só água e sumos... :)

Comentar post