origem

Mail me

blogseve@gmail.com

Posts Recentes

Ossian

E por vezes

Liberdade?

Conselhos para todas as f...

Pois...

La femme comme il faut

Da divindade

Dos dias

My Panama Papers

Do vazio

Blogs especiais

Arquivo

Junho 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2015

Julho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Detector de movimentos

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

Porque sim

 

Estou zangada com o mundo.

 

Detesto partilhar sentimentos deste género, mas estou tão zangada, tão zangada mesmo, que já nem me chateia nada fazê-lo, agora.

 

É cruel que, de cada vez que alguém me desilude, seja eu quem perde. Porque me limito a fechar-me na minha concha e a produzir pérolas que vão acabar, mais cedo ou mais tarde, na boca de algum suíno.

Eu até gosto de suínos. São cor-de-rosa e tudo. Mas comem cascas. E eu não gosto de cascas. E não posso gostar de quem gosta de cascas.

O problema principal aqui, são as cascas.

 

Quando me zango com o mundo, só me apetece dizer a toda a gente: "Tens noção de que vamos todos morrer, mais dia menos dia?"

Mas não digo. Só penso.

 

Talvez por isso, por não dizer, as pessoas continuem a confundir cascas com conchas.

E a minha concha com uma casca.

Azar.

É mesmo uma concha.

Robusta.

E lá dentro, tem nácar para dar e vender.

 

Não sou eu que perco. Definitivamente.

 

publicado por S às 15:40
link do post | comentar | favorito
20 comentários:
De Hello a 24 de Janeiro de 2008 às 17:08
...quem assim fala ainda não saboreou as cascas de batata passadas na frigideira com mayonaise do St. António em Alfama! :-) ..divinais! ...ou a morcela com puré de maçã!!! ..sublime!..ou salada de chévre gratinado... ou brie panado com doce de mirtilo... estes ultimos sem cascas! ...mas muito bons! :-) :-)... mas não me esqueci da concha... das ameijoas! :-)
De S a 24 de Janeiro de 2008 às 19:38
:)
Quem assim fala, não tinha fome no momento em que falou...

Onde é que se comem essas coisas todas ? :)
De Anónimo a 24 de Janeiro de 2008 às 19:13
Nme só aos porcos servem as perolas,tambem se fazem uns belissimos colares,

De S a 24 de Janeiro de 2008 às 19:36
:)
Eu agora podia ser mazinha... Mas não. Vou abster-me.:)
De Anónimo a 24 de Janeiro de 2008 às 19:52
existirá a possibilidade, ainda que remota de o porco se transformar?
De S a 24 de Janeiro de 2008 às 22:51
:)
Eu tentei não ser mazinha...

Claro que há: em porca. :))
De Anónimo a 25 de Janeiro de 2008 às 18:34
eu pensei que se transformaria em chouriço ou presunto, ou quem sabe até em farinheira nham nham :)))
De S a 25 de Janeiro de 2008 às 19:33
De Jaime a 24 de Janeiro de 2008 às 19:48
Eu já há tempos que achava que esse tal mundo anda a fazer coisas que não deve nem são aconselhadas a planetas de bem... :-)
De S a 24 de Janeiro de 2008 às 22:55
:)
Ainda bem que me compreendes, Jaime.
E já soubeste do que a galáxia da direita fez à supernova de cima? :)
De Jaime a 25 de Janeiro de 2008 às 21:07
Ui, ui! "Galáxia" e "super-nova" são ambas feminino! Estou excitadíssimo para saber o que se passou! ;-)
De S a 26 de Janeiro de 2008 às 02:08
:)
Pois...
Estavam as duas. E depois, veio o coelhinho.
Entretanto, o coelhinho estava tão distraído que perdeu o comboio onde ia o Pai Natal. Nesse dia, não houve circo para ninguém.
De Jaime a 26 de Janeiro de 2008 às 09:22
Não houve "circo" envolvendo a galáxia e a super-nova?! Então qual é a piada?! :-)
De S a 26 de Janeiro de 2008 às 15:37
:)
Eu disse que era uma piada?!? :)
De Jaime a 27 de Janeiro de 2008 às 13:37
Quando é que o ErosCircus vem à cidade?
De S a 27 de Janeiro de 2008 às 18:15
Quando o PsiqueCircus o deixar. :)
De justme_nina a 24 de Janeiro de 2008 às 21:33
oi!

Definitivamente não és tu que perdes! Quem quiser ir que vá! Quem quiser ficar, que fique! Não vão saber o que está dentro da pérola!
Não te martirizes com isso! És muito mais importante que mesquinhice!
E depois.. a malta aqui do blog quer ver as pérolas!

kiss's e anima-te!
De S a 24 de Janeiro de 2008 às 23:01
Olá, Justme_nina :)

É isso mesmo. Mas eu tenho mesmo de me zangar, de vez em quando. Faz bem à circulação. :)

Obrigada. Bj :)
De ... a 22 de Dezembro de 2009 às 01:51
"A tristeza é um muro entre dois jardins".
Gibran
De S a 22 de Dezembro de 2009 às 16:42
Eu acho que é mais, um silêncio entre dois muros.

Comentar post